Mostrando postagens com marcador Top 10. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Top 10. Mostrar todas as postagens

20 de agosto de 2016

20 FATOS SOBRE MIM!

20  fatos sobre mim!

Pois bem, pessoas da blogsfera. Como prometido na Postagem n. 200, venho aqui trazer 20 fatos sobre mim, em homenagem à minha ducentésima postagem, a partir de perguntas escolhidas aleatoriamente.

Aqui vai:

1 - Você conhece alguma celebridade?

Celebridade no estilo hollywoodiano não, mas já conheci meia dúzia de pessoas famosas ao menos na minha cidade.

2 - Você canta/toca algum instrumento?

Na infância eu fiz aulas de flauta doce e até me saí mais ou menos, mas a flauta ficou na infância mesmo. Hoje em dia eu só canto no chuveiro.

3 - Qual é o seu chocolate favorito?

Gosto dos chocolates artesanais de Canela e Gramado, especialmente aqueles com amendoim.

4 - Você tem alguma fobia estranha?

Eu tenho medo de trânsito e medo de viajar na estrada.

5 - Pegue o livro que você esta lendo, vire a página 23, o que tem na linha 17:

WTF? Não era para ser perguntas sobre mim? Mas, bem, para ser fiel à aleatoriedade das perguntas (que pelo visto eu peguei de fontes pouco sensatas), aqui vai:

"adoecia, o que aconteceu duas ou três vezes nos últi-"

O livro que eu estou a ler - na verdade eu tenho mania de ler uns quatro ou cinco livros de uma vez, fora os livros de trabalho/estudo, sendo que esse eu escolhi simplesmente por ser o que estava mais à mão - é intitulado "Maigret no Tribunal", de Georges Simenon. A obra não é muito boa, mas posso fazer resenha em postagem futura.

6 - Quanto tempo você demora par ficar pronta de manhã?

De manhã, se eu for seguir a minha rotina ordinária, eu devo demorar uns 15 minutos. Se eu tiver algum evento especial que mereça um look mais aprumado eu devo levar entre 30 a 40 minutos, como qualquer pessoa.

7 - Qual é o som que você odeia? Som que você ama?

Hoje em dia eu tento me manter aberta a novos estilos, evitando fazer julgamentos MAS se tem um estilo que eu simplesmente não consigo engolir é o sertanejo - e olha que eu já tentei! Já fui para baladas sertanejas e não consegui, nem bebendo, nem com boas companhias, nem com muito fingimento entrar "na onda da música".

E quanto às músicas/estilo que eu gosto, bem, vejamos: Eu já fui muito metaleira, mas hoje o que eu tenho apreciado mais é música pop.

8 - Qual a música que sempre faz você se sentir feliz quando ouve?

Difícil dizer. Existem centenas de milhões de músicas que vem nos momentos mais aleatórios da nossa vida - isso sem contar o fato de que algo que pode ser felicidade para mim pode ter um sentido totalmente diferente para as outras pessoas.

Então, já que eu me comprometi a me ater às perguntas, uma música que me satisfaz muito, num sentido similar ao da felicidade, quando eu escuto, é Mater Piece de Jessie J.

9 - A "loucura" traz mais criatividade?

Pergunta interessante! Também não tem muita relação com "fatos sobre mim", mas ao menos eu percebo que já fiz postagens sobre esses temas aqui (Brainstorming, Loucura, Obsessão), mas sim, eu acho que a loucura, entendida como a fuga do óbvio e da estrita normalidade, amplia os limites da nossa mente, nos permitindo ver as coisas que de maneira convencional seria impossível. A loucura como busca da criatividade trás até mais felicidade. Aliás, recomendo fortemente a leitura de "Elogio da Loucura", de Erasmo de Roterdã, que li recentemente.

10 - Qual foi a coisa mais louca que você já fez por dinheiro?

Trabalhei muito e economizei. Olha que "loucura".

11 - Qual é a sua rede social favorita?

Não gosto de redes sociais, uso apenas por necessidade de comunicação mesmo. Mas ao meu ver as mais tragáveis, por assim dizer, são o instagram e o twitter.

12 - Três coisas que na sua opinião todo mundo deveria saber.

Parece simples mas a pergunta é complexa. Muito relativo, na verdade, como qualquer pergunta. Mas acho que o essencial para se saber na vida em sociedade, ou mesmo individualmente, é: Respeito, higiene e educação, no sentido amplo.

13 - Quais as vantagens e desvantagens de quando se está solteiro? E de quando se está namorando?

Vantagem de estar namorando? Acho que é ter alguém fixo para tr...

Vantagem de estar solteira? T-O-D-A-S ♥ =D Mas se vocês fizerem questão eu vou listar algumas:

I - Poder conversar com definitivamente quem você quiser sem precisar ficar dando explicações;

II - Fazer o que você quiser, na hora que você quiser, do jeito que você quiser e isso SE você quiser;

III - Conhecer vários pretendentes;

IV - Poder trabalhar mais e estudar mais e guardar mais dinheiro só pra você;

V - E a melhor de todas: Não ter que ficar fazendo a social em casa de famílias alheias, o que inclui a dispensa de se submeter a brincadeirinhas imbecis, neuras de sogras, etiquetas mesquinhas, et cetera et cetera et cetera.

14 - Qual a coisa mais próxima de você que é vermelha?

Novamente não vejo a lógica na pergunta, mas como eu optei por perguntas aleatórias, me sinto obrigada a responder.

A coisa mais próxima de mim que é vermelha é um batom novinho, que eu ainda não usei e veio com milhares de promessas de "efeito glam" e "fundo dourado" que eu espero que seja assim tão eficaz quando eu for para a balada.

15 - Como foi seu último sonho?

HORRÍVEL. Eu sonhei que eu estava em uma competição de corrida em que eu estava perdendo, e na medida em que eu perdia me era tirado o oxigênio.

Nunca foi tão bom acordar.

16 - Qual foi a última mentira que você contou?

"Sinto muito".

17 - Qual foi o último filme que você viu?

"As bicicletas de Belleville", que eu futuramente farei uma resenha aqui neste espaço virtual.

18 - Diga a primeira coisa que vem à mente quando você ouve a palavra "coração":

Músculo estriado cardíaco.

19 - Com o que você não pode sair de casa sem?

Não ficou claro se a pergunta é COM ou SEM, mas, de qualquer forma, não posso sair de casa sem roupa, pois se eu fizer isso eu serei presa.

20 - Qual a sua relação com a última pessoa que te mandou mensagem?

A minha relação com a TIM é saudável, obrigada.

Era o que tinha para hoje, gentes. Agora, para dar continuidade, me conte três fatos sobre você. =D

16 de julho de 2016

POSTAGEM NÚMERO 200!

KEEP CALM ESSE É O POST N. 200!

Muito obrigada a todos e a todas que acompanham meu blog!

Depois de oito anos de blog (sim, esse blog é dos tempos medievais da internet), 33.555 visitas, 500 comentários, ter 313 seguidores, depois de abandonar e voltar várias vezes para esse espaço virtual, depois de apagar centenas de milhares de postagens antigas por impulso, por me arrepender e achar que a internet não merecia aquilo (que poderia ter sido bom), finalmente eu me disciplinei e cheguei à minha ducentésima postagem - com muito fôlego!

E para comemorar, seguindo o estilo da minha centésima postagem, eu vou revelar 20 fatos sobre mim (porque 200 é muito), em postagem futura.

Novamente agradeço a todos os meus amigos da blogsfera que têm me acompanhado e lá vamos nós rumo a 1.000!

10 de maio de 2016

10 Pequenos Prazeres Universitários

1 - Descobrir que o professor não fez chamada bem no dia que você resolveu faltar




Aquele dia em que você estava de saco cheio de aula... E talvez o professor também.

2 - Ir bem em uma prova para a qual você não estudou



É conseguir conciliar assuntos complexos que você não aprofundou com outros assuntos que você leu paralelamente.

3 - Quando o professor diz que a prova é com consulta



Claro, depende ainda do tipo de consulta em questão...

4 - Quando chegam na biblioteca livros novinhos e atualizados



Melhor que isso só quando você compra livros novos pra você mesma.

5 - Quando a prova é toda em questões de múltipla escolha



Se bem que depende do nível de complexidade das questões de múltipla escolha...

6 - Quando a professora resolve aplicar qualquer outro método avaliativo que não seja prova




Pelo menos eu prefiro um semestre cheio de seminários e artigos científicos do que ter que ficar decorando centenas de conceitos pra fazer uma prova tradicional.

7 - Revisar a matéria e ver que você entendeu tudo



Aí como eu sou inteligente! ♥

8 - Tirar notas boas




Nada como ver que o seu esforço valeu a pena. 

 9 - Conciliar bem a teoria com a prática




Existe vida além da universidade!

10 - Fazer amigos 


Afinal, são com eles que fazemos essa longa caminhada!

9 de abril de 2016

10 dicas para aprender um novo idioma


Pois bem, estimadas pessoas da blogsfera. Acho que depois de aprender o inglês, espanhol e o francês (e querendo aprender outros idiomas num futuro breve), seria bom repassar algumas técnicas de aprendizagem essenciais para os idiomas. Lá vão:

1 - Música

Essa dica é bom para começar. Quando você ainda não está adaptado aos fonemas do novo idioma, quando tudo ainda parece uma fala enrolada e sem sentido para você, o ideal é você encontrar cantores ou bandas do estilo que você goste. Claro que cada um tem o seu estilo, mas o ideal é que você busque músicos que sigam um estilo mais pop, porque estilos muito diferenciados podem conturbar a pronúncia ao cantar (como o caso do rap) e você não aproveita nada.

Dica de música para quem está aprendendo espanhol: Henrique Iglesias - Bailando.

2 - Leitura (básica)

Outra dica essencial para quem está começando, principalmente se quiser se familiarizar mais com termos novos e não ter tanta dificuldade com a gramática, é ler. Mas se você for iniciante no inglês, por exemplo, não vá direto ler o Drácula numa edição de 1915. Vá com calma: Comece com artigos na internet, notícias, contos infantis ou adaptados para iniciantes. A leitura é excelente ferramenta mas se você não começar com a leitura certa você dificilmente fará progresso.

Dica de leitura básica para quem está aprendendo inglês: Brothers' Grimms Tales.

3 - Assistir vídeos ou documentários

O YouTube, ao meu ver, pode ser uma ferramente muito útil para quem quer aprender um novo idioma - não apenas ouvindo música, como na dica anterior. Se você já tem uma base do idioma, é interessante que você comece a assistir vídeos no YouTube - daí vai do seu gosto, também: animes, tutoriais, vídeos sobre séries, vídeos de opinião, política, et cetera. Essa dica é boa para quem está iniciando no nível intermediário e precisa começar a inserir o seu crescente vocabulário em um contexto cultural, e os vídeos são bons porque geralmente são curtos e trazem as questões quotidianas de pessoas nativas daquele idioma, bem como diferentes pronúncias e expressões.

Dica de canal no YouTube para quem está aprendendo francês: La Tribu (Aufemininlatribu).

4 - Escrever

Outra dica voltada para quem está começando no nível intermediário é escrever. Se você estuda por conta própria, busca comunidades de troca de conhecimento linguístico (à exemplo do Busuu) e peça para algum nativo voluntário do idioma que você está aprendendo corrigir algum pequeno texto escrito por você. Ou então, se você frequenta algum curso, peça para o seu professor realizar atividades de escrita. 

A escrita é muito importante para você conseguir raciocinar no seu novo idioma, bem como para aplicar a gramática corretamente (alguns cursos focam muito a gramática, por isso, nesses casos, eu acredito que a escrita deve ser reforçada).

5 - Conversar com os colegas ou outras pessoas

Essa dica é mais voltada para quem está no nível intermediário já se encaminhando para o avançado. A regra é simples: Converse! Combine com os seus amigos do curso de irem pro bar e se permitirem conversar entre si apenas no idioma que vocês estão estudando (se vocês ficarem bêbados isso vai ser bem louco!). Ou então encontre fóruns de idiomas - também indico o Busuu aqui - onde existam pessoas dispostas a conversar no idioma que estão aprendendo por intermédio de uma câmera. Devo ressaltar que é mais importante conversar falando do que trocando mensagens, pois assim você melhora a sua pronúncia.

6 - Leitura (avançada)

A verdade é que eu recomendo a leitura em qualquer idioma, esteja a pessoa aprendendo ou não. Agora, se você já está se encaminhando para o nível avançado do idioma, então, pessoa, é hora de começar a encarar umas leituras mais extensas e considerar fazer uma imersão total no idioma. Infelizmente os livros em formato digital em idiomas estrangeiros não são de disponibilidade tão grande quanto os livros em português, mas de qualquer forma existem milhares de livros sendo esquecidos pelos gringos nos aeroportos e hotéis de toda a nossa pátria amada; vale a pena buscar.

7 - Assistir filmes (sem legenda)

Também para quem já está no nível avançado e já experimentou as dicas anteriores. Obviamente, a dica é assistir filmes estrangeiros, no idioma que você está aprendendo, sem legenda e sem dublagem. Os filmes seguem a mesma função dos vídeos, com a diferença é que geralmente serão mais complexos. Se você gosta de séries a dica é válida nas mesmas condições.

8 - Viajar

Essa é a melhor dica de todas: Além de você ter uma oportunidade inédita de aprimorar o seu idioma estrangeiro, vai poder se divertir a beça e conhecer uma nova cultura de perto. Claro, requer um investimento financeiro que pode ser voluptuoso, mas vale a pena um planejamento a longo prazo nesse caso - e para quem está aprendendo espanhol lembre-se que temos muitos vizinhos aqui na América Latina que oferecem um turismo a menor custo.

9 - Estudar gramática

Essa dica eu recomendo só em último caso; só se você tiver real paixão pelo idioma e/ou tiver que encarar um DALF ou TOIC da vida, ou mesmo provas de ingresso em nível superior que exijam língua estrangeira. Vai ser o caso de você buscar uma escola de idiomas com um curso voltado para a gramática, ou de encarar uns livros cheios de regras de gramática. Mas se você não tiver estudando idioma por uma razão estritamente acadêmica, acho que pode pular essa dica.

10 - Praticar

Agora você vai fazer uma junção de tudo e aplicar; afinal, nada melhor do que por em prática lendo, ouvindo música, estudando ou conversando - e sobretudo, se divertindo e expandindo seu conhecimento!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...