19 de janeiro de 2011

Teste de resistência

Enem 2010 - Capítulo 2: O resultado

Peço licença para falar novamente sobre uma coisa que afeta diretamente a mim, e talvez a você também. Peço licença também àqueles que acham que tudo que é do governo é bonitinho. E na teoria realmente é bonitinho, perfeito - até você lembrar que estamos no Brasil. Desde que eu entrei no Ensino Médio eu ouvia maravilhas sobre o Enem, que era "um terço da dificuldade do vestibular", que era "mais humano" e mimimi. Depois veio o Novo Enem, que iria "testar aptidões", e "acabar com o vestibular elitista".
Mas vamos mostrar na prática: falhas na impressão, sabotagem, revoltas, descontrole. Rendeu estresse e deboche, ouvi dizer que no Nordeste foi um caos. E agora chegou o momento das inscrições do SiSU e o sistema falha. Para abafar os protestos o governo resolve multiplicar a nota de alunos de escolas públicas por 1,3. Em vez de investir nas escolas, reformular o material didático, incentivar a leitura e pesquisa, melhorar a infra-estrutura, eles usam a verba para construir estádios de futebol e dão uma colher de chá multiplicando a nota de estudantes das instituições públicas por 1,3. Eu me pergunto como Universidades sérias vão utilizar essas provas como processo seletivo (eu prefiro o vestibular "elitista"). Desculpem-me os estudantes de escola pública, mas a escola que você estuda não te faz melhor nem pior, tudo depende de você mesmo; já vi alunos de escolas públicas serem aprovados em cursos concorridos de universidades públicas sem nem mesmo ter feito curso pré-vestibular.
A culpa não é nossa. Deveriam mesmo é acabar com esse tal de Enem. Não sei se é mania minha de conspiração, mas você já cogitou a possibilidade de aplicarem um teste psicológico baseado nessas provas do Enem, para medir a mentalidade das massas jovens, e analisar qual seria a próxima medida alienadora a se tomar?... Fico imaginando como será o Enem 2011: Permitido levar dicionário, calculadora, um caderno para rascunho e provas em dupla.
Para finalizar:

O príncipe [refere-se a qualquer vigente governante] , portanto, não deve se incomodar com a reputação de cruel, se seu propósito é manter o povo unido e leal. De fato, com uns poucos exemplos duros poderá ser mais clemente do que outros que, por muita piedade, permitem distúrbios que levam ao assassínio e ao roubo.
(Caderno AMARELO, questão 28, DIA 1, ENEM 2010.)

10 de janeiro de 2011

O Tirano

Caberia a um rapazote de 22 anos, com audácia e estratégia, livrar a Sicília dos cartagineses. Tendo nome de um deus, mas não deixando de ser mortal, Dionísio se dispõe a enfrentar o peso da solidão absolutista, ainda que isso lhe custasse entes queridos e ouro, para fazer de sua cidade, Siracusa, uma potência no Mediterrâneo e no mundo. Contava com poucos, é verdade, e as vezes passava por cima dos seus por causas políticas, não deixando de considerá-los como heróis. Vingava-se, atacava e defendia-se as custas de homens livres e mercenários. Não confiava nem nos deuses, ainda que os adorasse. Dionísio I, ou Dionísio, o Velho, foi aquele que dedicou a sua vida a guerra e marcou com a sua tirania. Leia, se quiser saber mais, HAHA.
Uma obra de: Valerio Massimo Manfredi (2005).

4 de janeiro de 2011

Suicidando

Em 2007 houve quem previsse que já em 2010 seria possível ocorrer um colapso na Internet, dada a demanda virtual que só aumenta. Ou seja, um belo dia você iria acordar e descobrir que você nunca mais conversaria com o seu amigo virtual, nem leria seus e-mails, nem jogaria a sua "Colheita Feliz". Meio apocalíptico, não? Creio que cerca de 10 milhões de pessoas morreriam só de desespero, uma 5 milhões de fome (sem fonte de renda), sem mencionar os que se deixariam se levar pelo caos. MAS isso não aconteceu. No entanto, de certa forma, isso ocorre, não abruptamente, aos poucos, com outro meio de comunicação massiva: a TV. Quem ainda gosta de novela? E há algum entretenimento da TV que não possa ser assistido por outro meio? Eu não sei, não vejo TV desde a época da citada profecia sobre a Internet e nem senti falta. Eu não penso que a televisão se torne extinta, penso é que ela em breve fique para segundo plano, que nem o rádio. Mas isso é um alívio ou uma alerta? Alívio, porque no caso só se alienaria quem quisesse, e alerta, porque a tendência é o virtual imitar o real deixando-o superficial e monótono, e depois de um tempo muitos, para suplantar o tédio, se suicidariam das redes sociais, ou se viciariam e se suicidariam de verdade - supondo que isso de fato ainda não acontece. Que desgraceira (existe essa palavra?). De qualquer forma, a tendência é piorar. E, de qualquer forma, o mundo acaba ano que vem. (Eu não acredito, mas vamos esperar para ver).

1 de janeiro de 2011

Sobre o que atualizar?

Sem discurso de começo de ano, não vejo utilidade nisso. A questão é que me pediram para atualizar com mais frequência e eu disse que faria o possível, me disseram que qualquer coisa que eu escrevesse, qualquer coisa mesmo, ficaria bom, e eu acreditei, mas... Escrever qualquer coisa ao meu ver é o mesmo que colocar uma roda em cima de uma banqueta e afirmar que aquilo é arte e querer ser bem aceito.  Férias, férias, férias. São cáusticas, e eu não sei quando elas vão acabar. É horrível ter que ficar o dia inteiro tentando arranjar algo para fazer. Parece que nenhum livro é bom, as músicas enjoam, as pessoas enjoam. Quando a oficina fica estática por muito tempo ela começa ficar propensa ao mal... Dessa vez eu não arranjei nenhuma figura para encher linguiça em postagens breves como eu já fiz outras vezes, nem uma frase clichê, nada. Ausência completa de alternativas descartáveis. Só eu e a minha mente, num monólogo intermitente. Eu queria saber fazer poemas, mas eu sou muito desorganizada para construir versinhos. Eu queria ser ourives e fazer peixinhos de ouro. Eu queria é voar!... Voltando: Terminando, na verdade: Daqui uns dias eu vou achar essa publicação um estrume e vou apagar, como eu faço na maioria das vezes. Pronto, pronto; já escrevi qualquer coisa que você queria, agora tchau.
Sobreviva mais um ano  Tenha um bom ano.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...