29 de junho de 2009

Flyleaf

Flyleaf é uma banda americana de Alternative Metal cristã, formada em 2000. Seu som pesado pode agradar fãs de qualquer género de rock. É caracterizada principalmente por músicas que retratam conflitos e aflições. "Flyleaf é a página branca da frente de um livro" explica a vocalista, "é a página da dedicatória, o lugar onde tu escreves uma mensagem a alguém que queres dedicar o livro e é o tipo que nós queremos que as nossas canções sejam - mensagens pessoais que derivam de alguns momentos de claridade antes de a história começar."
A banda diz ter influências como Foo Fighters, Incubus, Nine Inch Nails e Nirvana.
 
Membros:

  • Lacey Mosley – vocal
  • Sameer Bhattacharya - guitarra e vocal de apoio
  • Jared Hartmann – guitarra
  • Pat Seals – baixo
  • James Culpepper – bateria

 

 
Álbuns:
  • Flyleaf (2005)
  • Memento Mori (2009)

 

 
Ouça: Fully Alive (Acústico)

24 de junho de 2009

Sangue, suor e porrada.

Bernardo saiu com o espírito tenso e suas joelheiras, mas acabou voltando com o espírito transtornado e um nariz sangrando. Ele não escondeu de ninguém seu aborrecimento; prometeu nunca mais jogar futebol.
Aconteceu que mais cedo ele havia ido com um amigo jogar uma partida de futebol. Porém, por mais que ele tentasse, ele não conseguia se concentrar completamente, o que levou sua equipe a derrota. Os outros jogadores vieram tomar satisfações:
-Ei, otário! É bom treinar mais, mocinha!
-Que nada, vai brincar de boneca, vai! , ...
É mais apropriado de minha parte não publicar o que o então ex-jogador respondeu, mas saiba que foi suficiente para que ele levasse um murro e derramasse mais sangue do que conseguiria explicar.
Bernardo tinha dezoito anos, e era muito cedo para dizer adeus ao seu esporte favorito, pensava ele. Mas é claro que ele não se afastaria sem uma boa despedida! Ligou para Pietro, um guri riquinho e rodeado de puxa-sacos que lhe devia um favor.
Horas mais tarde, Pietro junto com uma dúzia de garotos de bom porte físico, encontraram Bernardo, ainda com o nariz sangrando, no campo, para a "despedida".
Acho que não preciso explicar o por quê: Bernardo sentiu um cheiro intenso de sangue que sem dúvida não era seu. E para o cara que o havia chamado de otário, um beijo especial da "mocinha": direto de seu punho para o nariz dele.ausencia do link, por favor se manifeste. :*
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...